Cinzas de vulcão na Oceania deixam céu avermelhado no Ceará


O céu visto do Ceará tem apresentado coloração avermelhada nos últimos dias. O fato, que tem chamado atenção, também foi registrado em outros municípios do Nordeste, como no Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco.

Conforme análise realizada pela Gerência de Meteorologia da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), tal coloração tem relação com as cinzas do vulcão submarino Hunga Tonga-Hunga Ha’apal, localiza em Tonga, no oceano Pacífico, que entrou em erupção no dia 15 de janeiro.

“Em virtude da circulação atmosférica global (ventos), as cinzas vulcânicas estão em deslocamento nos altos níveis da atmosfera e no momento estão passando sobre o Nordeste do Brasil. O fenômeno óptico ocorre quando a luz solar entra em contato com o material em suspensão no ar, que pode ser sólido ou gasoso como as cinzas), sofrendo o efeito de espalhamento, que é parecido com o efeito da luz quando passa por um prisma, no qual a luz branca dispersa-se em diferentes cores”, explica o meteorologista Agustinho Brito.

Normalmente, o que é observado no céu a olho nu é o tom azul, já que o espalhamento é maior nesta cor. Entretanto, no início e no final do dia, devido a posição do sol estar no horizonte faz com que os raios solares atravessem mais partículas na atmosfera, causando maior absorção da luz azul do que da luz vermelha.

“Isso explica porque, às vezes, vemos as manhãs e as tardes com tons de cores entre laranja e vermelho. Devemos destacar também que nem sempre isso ocorre, pois depende da concentração desses gases ou partículas na atmosfera”, complementa Brito.

FONTE: FUNCEME:


Visite o nosso segundo site de notícias de Itapipoca: É só clicar aqui:

Poste um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio

Anúncio