PMCE prende suspeito de homicídio logo após o crime em Itapipoca/CE


Uma ação rápida da Polícia Militar do Ceará (PMCE) resultou na prisão em flagrante, na tarde dessa segunda-feira (29), de um homem suspeito de homicídio. A captura ocorreu momentos depois do crime, que aconteceu em Itapipoca, na Área Integrada de Segurança 17 (AIS 17) do Estado. A vítima foi morta por um objeto contundente. Uma equipe da 1ª Companhia do 11º Batalhão da Polícia Militar (1ªCia/11ºBPM) foi acionada, na tarde dessa segunda-feira, para atender a uma ocorrência de homicídio na localidade de Lagoa da Cruz, zona rural de Itapipoca. No local, a composição policial e a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) atestaram o óbito da vítima, um homem de 40 anos, ocasionado por objeto contundente. 




De acordo com informações preliminares colhidas pelas equipes policiais, a vítima teria se envolvido em discussão, enquanto consumia bebida alcoólica, com o suspeito identificado por Benedito Franklin de Sousa, de 29 anos, sendo ferido mortalmente. De imediato, os policiais militares saíram em diligência em busca de capturar o suspeito, abordando-o na mesma localidade momentos depois do crime ter acontecido. Ele não esboçou resistência durante a captura. Benedito Franklin de Sousa, que tem passagem por ameaça no contexto de violência doméstica, foi conduzido para a Delegacia Regional de Itapipoca, unidade da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), para os procedimentos cabíveis. Nessa unidade policial, ele foi autuado em flagrante por homicídio. O homem encontra-se à disposição da Justiça.

DENÚNCIAS:

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número (88) 3673 -7042, que é o telefone da Delegacia Regional de Itapipoca. As informações podem ser direcionadas também para o número 181, o Disque-Denúncia da SSPDS, ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, pelo qual podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Fonte: Assessoria de Comunicação da SSPDS

Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade