Homem mata vizinho após reclamações de galo que aprendeu a cantar Bolsonaro


Policiais civis da 105ª DP (Petrópolis) prenderam na tarde da última sexta feira,29 um homem acusado de matar o vizinho após ouvir reclamações sobre um galo que aprendeu a cantar a palavra "Bolsonaro". Marcos Custódio Ferreira, de 52 anos, assassinou Ricardo Carneiro Montojos com tiros e pedradas. Embora a prisão tenha sido decretada nesta semana, o crime ocorreu no dia 4 de setembro. Segundo a investigação, o suspeito atirou contra Ricardo e, com a vítima já caída no chão, golpeou a sua cabeça com uma pedra de aproximadamente oito quilos, causando esmagamento craniano e facial. Depois, fugiu do local e se escondeu na mata, mas ainda em setembro se apresentou na delegacia acompanhado de um advogado. Ele foi detido em outubro após a Justiça liberar o mandado de prisão preventiva. À polícia, o homem declarou que o vizinho reclamava do barulho do galinheiro que tinha em sua casa e também acreditava que um dos galos foi ensinado a cantar a palavra “Bolsonaro” por implicância – já que a vítima não gostava do presidente Jair Bolsonaro. Com a prisão decretada pela Justiça, ele irá responder pelo crime.

Participe do nosso grupo de notícias no Whatsapp: É só clicar aqui:

0 Comentários

Postar um comentário

Poste um comentário (0)

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio

Anunciantes parceiros