Em Paracuru/CE Polícia cumpre mandados de prisão contra suspeitos de estupro vulnerável


Dando continuidade à operação “Inocência Preservada”, deflagrada pela Polícia Civil do Estado do Ceará, nessa terça-feira (18), mais dois mandados de prisão contra homens investigados por crime de estupro de vulnerável foram cumpridos nesta quarta-feira (19), na cidade de Paracuru. Já são 20 os alvos presos relacionados a crimes sexuais no Ceará que foram presos na operação. O primeiro suspeito, um homem de 34 anos, foi capturado após um rápido trabalho investigativo que resultou na sua localização. Investigado pelo crime de estupro de vulnerável, contra ele constava um mandado de prisão temporária em aberto, expedido em 2017. O suspeito, segundo as investigações da PCCE, também já foi denunciado por uma mãe, após ter perseguido a filha dela, uma criança que tinha 11 anos na época da ocorrência, em outubro de 2014. O segundo mandado foi cumprido contra um homem de 63 anos, condenado por um crime de estupro de vulnerável registrado em junho de 2012.Na manhã do último dia 18, 17 pessoas foram presas após a deflagração da operação intitulada como “Inocência Preservada”, que teve como objetivo cumprir mandados de prisões em desfavor de alvos suspeitos de praticarem crimes sexuais contra crianças e adolescentes. 



Os cumprimentos de mandados de prisão e os flagrantes ocorreram em Acaraú, Crateús, Cascavel, Caucaia, Crato, Fortaleza, Itaitinga e Pacajus. Segundo apuração policial, os suspeitos possuíam relação de proximidade com as vítimas. Após o fechamento do balanço da operação, ainda na noite de ontem, mais um suspeito de estupro de vulnerável foi capturado, desta vez, em Juazeiro do Norte. O homem tentou fugir no momento da abordagem policial, mas foi alcançado e conduzido à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Juazeiro do Norte. Na especializada, o mandado de prisão pelo crime de estupro de vulnerável foi cumprido em desfavor dele.


Fonte: mprensa SSPDS / CE

Participe do nosso grupo de Notícias no WhatsApp:Entre aqui.

0 Comentários

Postar um comentário

Poste um comentário (0)

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio

Propagandas