Em Canindé/CE mulher joga filhotes de gato no meio da rua, dois morrem


Nesta quinta, 06, uma mulher foi flagrada praticando violência contra filhotes de gato no município de Canindé, no Sertão Central. A ação criminosa foi registrada por uma câmera de segurança do comércio local. O ato ocorreu na Rua Simão Barbosa, no Bairro São Mateus cinco animais foram arremessados. Uma outra mulher que passava pela calçada parou, viu parte da ação e seguiu em frente. Um motociclista passava pela via durante o ato criminoso e também parou. Dos cinco gatos, três sobreviveram e dois morreram. Os que sobreviveram foram atendidos e estão bem, estando aptos para adoção após 15 a 20 dias. A Polícia Civil foi acionada e o próprio titular da Delegacia Regional de Canindé, Dr. Daniel Aragão Mota, com outro agente, conduziram a senhora, que não teve a identidade e a idade reveladas, para o posto policial.





Crime ambiental

De acordo com o artigo 32 da Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos pode acarretar detenção, de três meses a um ano, e multa. Quando se tratar de cão ou gato, a pena para as condutas descritas no caput deste artigo será de reclusão, de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, multa e proibição da guarda (incluído pela Lei nº 14.064, de 2020). A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.

Fonte: REPÓRTER CEARÁ 

0 Comentários

Postar um comentário

Poste um comentário (0)

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio

Propagandas