Jornal Diário do Nordeste deixa de circular em versão impressa


A Editora Verdes Mares, do Grupo Edson Queiroz, anunciou no dia,(18/2),(Quinta-feira), que a última edição impressa do Diário do Nordeste vai circular em 28 de fevereiro. A partir dessa data, o veículo terá apenas a versão online. A nova fase 100% digital vai incluir a implementação de um modelo de paywall e assinatura. O jornal foi fundado há 39 anos pelo empresário Edson Queiroz.A publicação também anunciou novos colunistas: o escritor Lira Neto, a professora Zelma Madeira, o jornalista Xico Sá, o escritor Ruy Câmara, o ator Silvero Pereira, a escritora Socorro Acioli e o ativista e produtor cultural Preto Zezé.O jornal O povo lamentou, e divulgou uma nota na edição de hoje,1. (Clique na imagem para ampliar).

A Federação Nacional de Jornalistas e o Sindicato dos Jornalistas do Ceará lamentaram o ocorrido. Em nota, as entidades escreveram que “o fim da circulação impressa de mais um jornal no Brasil é um duro golpe no direito da população de ser informada. Segundo o projeto Atlas da Notícia, vivemos em um país onde 62% dos municípios não têm cobertura noticiosa. E 15,9% da população carecem de acesso a jornalismo produzido localmente. São 33,7 milhões de brasileiros vivendo nos chamados desertos de notícia. Norte e Nordeste continuam sendo as regiões com maiores concentrações de vazios de cobertura local”.O estudo Atlas da Notícia, do Projor, detectou em 2020 o fechamento de 272 veículos, e incorporou à base 1.170 novos veículos nativos digitais, a maior parte na Região Nordeste.

Inscreva-se em nosso canal no YouTube:É só clicar aqui


0 Comentários

Postar um comentário

Poste um comentário (0)

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio

Propagandas