Pelo menos 580 aves já foram encontradas em situação de comércio ou cativeiro apenas neste ano no Ceará
Publicado em: 03/09/2019 as 18:00


Quarenta e oito pássaros silvestres foram apreendidos na manhã desta segunda-feira (2) em Sobral, no norte do Estado. As aves foram encontradas em cativeiro e com sinais de maus tratos, em uma residência no bairro Padre Palhano. A operação foi realizada pela 3ª Companhia do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA) em parceria com a Agência Municipal de Meio Ambiente (AMA),o infrator do crime ambiental em Sobral, cujo nome não foi divulgado, foi conduzido à Delegacia Regional de Sobral, enquadrado na Lei de Crimes Ambientais e multado em R$ 24 mil, sendo R$ 500 por cada animal apreendido na sua residência. Os policiais chegaram à casa do acusado após receberem denúncias,depois de os pássaros passarem por avaliações de profissionais da AMA, 11 deles foram entregues a um "fiel depositário pela autoridade policial civil", conforme a polícia. Os 37 restantes foram devolvidos ao seu habitat natural.em 2019, no Ceará, pelo menos 580 pássaros silvestres já foram apreendidos em situação de comércio ou cativeiro pelo BPMA ou pela Guarda Municipal de Fortaleza. Na última operação, deflagrada no último dia 4 de agosto, 35 aves foram apreendidas ilegalmente na Feira da Parangaba, na Capital. Contudo, a maior quantidade de apreensões ocorreu em 17 de fevereiro, no mesmo local. Na ocasião, 141 aves foram encontradas em situação de comercialização.

Curta a nossa página no Facebooké só clicar aqui

Deixe o seu comentário abaixo.