No Youtube e agora no blog

quinta-feira, 27 de junho de 2019

Adolescentes torturam até a morte uma garota de 14 anos e divulgam nas redes sociais

quinta-feira, junho 27, 2019 postado por bruno bruno , , nenhum comentário
O caso aconteceu em paulista região metropolitana de recife-PE
Data desta publicação: 27/06/2019 as 12:34

Adolescentes torturam até a morte garota de 14 anos e divulgam imagens, na terça-feira, 25, na Praia de Maria Farinha, em Paulista, no Grande Recife, em Pernambuco elas foram apreendidas pela Polícia Civil segundo a Polícia Civil, as duas jovens que cometerem o crime têm 15 anos elas registraram as agressões com o celular e publicaram as imagens nas redes sociais, uma das linhas de investigação da polícia aponta para um crime motivado por ciúmes de acordo com as autoridades as duas garotas agrediram a vítima com socos e pontapés, deram golpes de faca, e tentam afogá-la no mar, o delegado Augusto Cunha afirmou que a vítima é ex-namorada de uma das garotas, a que filmou a agressão, segundo o G1 “a outra, que aparece no vídeo praticando a maioria das agressões, seria a atual [companheira] da outra agressora. Essas informações são preliminares”, disse o policial nas imagens divulgadas pela internet, é possível ver a vítima sendo espancada. A garota está vestida com roupas da Rede Municipal de Ensino do Recife, a blusa dela está ensanguentada, por causa das agressões sofridas,de acordo com o delegado, durante um depoimento informal, as adolescentes relataram que elas tinham um envolvimento amoroso e a morte teria acontecido por causa de uma possível traição ainda segundo o delegado, as adolescentes que já tem passagens pela Funase e estavam sob efeito de drogas, em nota, a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) informou que uma das adolescentes de 15 anos já havia passado pelo sistema socioeducativo, tendo cumprido medida de semiliberdade em 2018. Já a outra adolescente, também de 15 anos, chegou a dar entrada na instituição em 2017, mas, após um período de internação provisória, que dura até 45 dias, recebeu sentença da Justiça determinando o encaminhamento para a liberdade assistida, que é cumprida sem qualquer vínculo com a Funase.

Curta a página do blog ita vídeo no Facebooké só clicar aqui
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário