A final será neste domingo dia 21 na arena castelão
Data desta publicação: 17/04/2019 as 11:56

A final do campeonato cearense estrará pela história isso porque a decisão entre fortaleza e ceará terá a tecnologia do árbitro de vídeo,o método, que já vem sendo utilizado em outros campeonatos estaduais, como o Paulista, Carioca e Mineiro, como também na Copa do Brasil. A decisão aconteceu na terça-feira, após o Fortaleza solicitar o equipamento, ainda na semana passada, com pedido encaminhado para a FIFA, por meio da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), “A gente só tem a agradecer a CBF, por meio da Comissão Nacional de Arbitragem, que mesmo com a decisão repentina do pedido, na semana passada, deu condições para nós trazermos essa novidade, essa segurança para o futebol cearense, principalmente porque outras federações tentaram e não conseguiram”, disse o presidente da FCF, Mauro Carmélio.


O presidente da CEAF, Comissão Estadual de Árbitros de Futebol, Paulo Silvio, explicou alguns detalhes de como será implantado o VAR nesse segundo jogo da final. Ele disse que na quarta-feira passada, foi escolhida a sala onde ficarão os árbitros que trabalharão no VAR. Será o Estúdio 2, uma sala vizinha ao auditório de entrevistas e o monitor do árbitro da partida ficará atrás do banco onde fica o representante da Federação Cearense de Futebol, bem no centro.
“Haverá uma palestra nessa sexta-feira de um instrutor da CBF para Ceará e Fortaleza, explicando como os jogadores devem se comportar em relação ao VAR”, explicou Paulo Silvio.